Affordable Access

Componentes do corpo vazio de vacas da raça Purunã abatidas com pesos distintos

Authors
Publisher
UEL
Publication Date
Keywords
  • Ciências Agrárias
  • Zootecnia
  • Abomaso
  • Couro
  • Fígado
  • Rúmen
  • Trato Gastrointestinal.
  • Produção Animal
  • Abomasum
  • Row Hide
  • Liver
  • Rumen
  • Gastrointestinal Tract.

Abstract

Objetivou-se avaliar os componentes do corpo vazio de vacas de descarte com pesos distintos. Utilizaramse 43 vacas da raça Purunã com idade média de 68,02 ± 17,36 meses. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado. Os pesos de abate estudados foram de 401, 434, 461, 476 e 522 kg. O peso e o rendimento de corpo vazio responderam linearmente à elevação do peso de abate, aumentando 65,16 g e 0,0253% a cada quilograma acrescida, respectivamente. O aumento do peso de abate proporcionou aumento linear da quantidade absoluta dos componentes não carcaça. O peso do trato gastrointestinal aumentou 9,61 g a cada quilograma acrescida no peso de abate, não sendo alterado pela variável independente quando expresso em percentagem do corpo vazio. O peso absoluto e peso relativo do conjunto de órgãos internos variou de forma linear positiva e negativa, respectivamente, com o avanço do peso de abate. O aumento do peso de abate proporcionou aumento linear do conjunto de gorduras internas. O conjunto de componentes externos aumentou 8,6 g a cada quilograma acrescida no peso de abate. A elevação do peso de abate, acima das exigências mínimas dos frigoríficos, prejudica a eficiência do sistema produtivo, em virtude do aumento proporcional dos componentes não carcaça.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.