Affordable Access

Composition of zooplankton of the small river Jesumira, located in a cleared in area at the Park National Serra do Divisor, State of Acre, Brazil

Authors
Publisher
Universidade Estadual de Londrina
Publication Date
Keywords
  • Ciências Biológicas
  • Zoologia
  • Zooplâncton
  • Plankton
  • Upper Jurua
  • Deforestation
  • Plâncton. Alto Juruá
  • Desmatamento

Abstract

A região do Alto Juruá é rica em biodiversidade, primeiro por fazer parte de regiões jamais intocadas e, segundo por encontrar-se próxima ao equador, fazendo parte da riqueza existente nas regiões tropicais. Todavia, deve-se considerar também que estes ecossistemas, como outros, têm sofrido alterações e diversos prejuízos decorrentes das atividades antrópicas. Os organismos zooplanctônicos respondem com elevada sensibilidade às perturbações ambientais. O presente trabalho teve por objetivo estudar a taxonomia do zooplâncton, e realizar algumas considerações ecológicas. O Igarapé Jesumira está localizado no Parque Nacional da Serra do Divisor, entre as coordenadas de 7º28´10,2"S e 73º33’54,6"W. A coleta foi realizada através de amostragens qualitativas, com arrastos horizontais e verticais com rede de plâncton com 55?m de abertura de malha, totalizando oito amostragens realizadas na região litorânea e pelágica, abrangendo as águas baixas e altas. As análises das amostras foram realizadas utilizando micro-câmara DCE acoplada em microscópio, cuja imagem era projetada no notebook marca Acer, com software instalado de captura de imagem, e fotografadas para identificação e registro da espécie. Em relação às características limnológicas, o Igarapé apresentou, temperatura 24,17oC ± 2,19 (pelagica) and 24,01 oC ± 2,20 (litorânea); pH 6,50 ± 0,37 (pelágica) and 6,42 ± 0,28 (litorânea); oxigênio dissolvido 8,61 mg.L-1 ± 0,65 e e 8,00±0,32 mg.L-1; turbidez 39,50 UNT±7,14 (pelágica) e 27,86 UNT ±11,84 (litorânea); transparência 0,26 m ±14,84 (pelágica) e 0,55±10,90 (litorânea) e profundidade 0,31m ± 0,21 (pelágica) e 0,73m ±0,11 (litorânea). Quanto às espécies foram listadas 72 espécies de Rotifera, 01 espécie de Cladocera, formas jovem de Copepoda, larvas de Arthropoda, destacando-se abundância para representantes da classe insecta. Como grande relevância neste estudo foram observadas 32 (trinta e duas) novas ocorrências para o Estado do Acre.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.