Affordable Access

Publisher Website

IL-6 anti-inflammatory activity in pleural effusion post-coronary artery bypass graft surgery

Authors
Journal
Revista Portuguesa de Pneumologia (English Edition)
2173-5115
Publisher
Elsevier
Volume
13
Issue
3
Identifiers
DOI: 10.1016/s2173-5115(07)70338-x
Keywords
  • Il-6
  • Pleural Effusion
  • Coronary Artery Bypass Graft Surgery
  • Citocinas
  • Derrame Pleural

Abstract

Resumo Introdução O comportamento pleural pós-cirurgia de revascularização do miocárdio (PCRM) não está devidamente esclarecido em relação à resposta inflamatória local e requer maior interesse por ser uma observação constante e ainda pouco estudada. Objectivo Avaliar o comportamento de algumas citocinas, em especial o possível papel anti-inflamatório da IL-6 (proteína envolvida na síntese da cortisona), no líquido pleural PCRM, uma vez que a sua actividade pró-inflamatória é constantemente referida, assim como o seu papel de citocina de fase de resposta aguda ao lado do TNF-α e da IL-1β nos processos inflamatórios agudos. Casuística e método foram estudadas e analisadas pelo método ELISA as citocinas TNF-α, IL-1β, IL-2, IL-6, IL-8, VEGF e TGF-β em 16 transudatos e 43 exsudatos de líquido pleural em três tempos da fase aguda (2, 24 e 48 horas) PCRM no Instituto do Coração e Serviço de Pneumologia da USP – Brasil. Resultados Tanto o TNF-α como IL-2 não sofreram qualquer tipo de elevação dos seus níveis enquanto os da IL-1β só se elevaram a partir das 24 horas, o que coincidiu com a queda da curva da citocina anti-inflamatória TGF-β, que desde o início foi caindo flagrantemente até aos valores dos transudatos. A IL-8 permaneceu elevada nas três fases e o VEGF foi ascendendo os seus níveis, que permaneceram estáveis nas 24 e 48 horas seguintes. A IL-6 mostrou-se em concentrações elevadas desde o início, apresentando-se como a única citocina com potencial anti-inflamatório durante as três fases de avaliação. Conclusões Concluímos que a citocina IL-6 parece ter papel anti-inflamatório de destaque e superior ao TGF-β nos derrames pleurais PCRM e que o seu comportamento desarticula, pelo menos neste tipo de derrame, a ideia de citocina pró-inflamatória de resposta de fase aguda. Ao que parece, este é o primeiro estudo que procura demonstrar um papel favorável da IL-6 no processo inflamatório da pleura na fase aguda PCRM.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.

Statistics

Seen <100 times
0 Comments

More articles like this

[IL-6 anti-inflammatory activity in pleural effusi...

on Revista portuguesa de pneumolo... 2007

Pleural effusions after coronary artery bypass gra...

on Current opinion in pulmonary m... July 2002

The spectrum of pleural effusions after coronary a...

on Clinics in chest medicine June 2006

Pleural effusions following cardiac injury and cor...

on Seminars in respiratory and cr... December 2001
More articles like this..