Affordable Access

A ANÁLISE DE SINTAGMAS WH EM IBIBIO: EVIDÊNCIA PARA TIPOS DE FOCO

Authors
Publisher
Revista Letras
Publication Date

Abstract

Letras69.pmd REVISTA LETRAS, CURITIBA, N. 69, P. 53-74, MAIO/AGO. 2006. EDITORA UFPR. 53 ADEUS À CRÍTICA LITERÁRIA Good-bye to literary criticism Renato Suttana* Eu quero ler o que, no entanto, não está escrito. (Maurice Blanchot) A pretensão de dar à crítica literária um estatuto científico, que tanto seduziu os espíritos ao longo do século XX, principalmente em sua primeira metade, parece ter sofrido consideráveis reveses nos últimos anos. E esses reveses não proviriam tanto do fato de que, de um momento para o outro, se tenha tomado consciência da dificuldade de estabelecer o sentido preciso do termo “ciência”, quando utilizado no âmbito da investigação literária, quanto do fato de que, após um século da mais rigorosa perquiri- ção, esse sentido não se tenha evidenciado por si mesmo. Se hoje não se pode invocar seriamente nenhum fundamento claro para a pretensão de ciência, ou se não se pode recorrer a algum sem se derrapar na dificuldade de se estabelecer com precisão o estatuto a lhe dar, isso não ocorre só porque, de uma hora para a outra, os críticos tenham adquirido um novo amor pela verdade ou uma consciência mais exigente daquilo que pretendem tomar como objeto de suas lucubrações. Com efeito, para muitos, trata-se ainda de produzir, no ambiente da chamada investiga- ção literária, um saber rigoroso, fundado em premissas ou postulações coerentes, a partir do qual se pudesse julgar a validade da tentativa. Não * UNICENTRO. SUTTANA, R. ADEUS À CRÍTICA LITERÁRIA 54 REVISTA LETRAS, CURITIBA, N. 69, P. 53-74, MAIO/AGO. 2006. EDITORA UFPR. seria o caso de entrar em considerações pormenorizadas a respeito.1 No que nos concerne, pensaremos apenas que a pretensão não teria falhado só por- que não encontrou, ao longo de décadas de investigação, o método mais apropriado para abordar o seu objeto. Antes, diríamos que foi esse mesmo objeto que, na impossibilidade de o distinguirmos com clareza em meio a todos os fenômenos – sejam os da física, da química, da biologia ou o

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.