Affordable Access

Níveis de proteína bruta e suplementação com levedura "Spray Dried" em rações associados a adubação orgânica no cultivo de alevinos de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus)

Authors
Publisher
Zootecnia Tropical
Publication Date
Keywords
  • Adubação
  • Levedura Desidratada
  • Fontes Protéicas
  • Oreochromis Niloticus
  • Tilápia Do Nilo

Abstract

Objetivou-se avaliar o uso de rações com diferentes teores de proteína bruta (PB) associado a inclusão de levedura desidratada (LD) e adubação no cultivo de alevinos de tilápia do Nilo. Foram utilizados 480 peixes (2,19±0,29g), em um delineamento em blocos casualizados com doze tratamentos e quatro repetições. As rações tinham 27, 30 e 33 % de PB com ou sem LD (6%), sendo estas empregadas em tanques com ou sem adubação. Os peixes submetidos a rações com 30 e 33% de PB sem LD e os com 33% de PB com LD em tanques adubados apresentaram valores de peso final superiores aos dos alimentados com 27 e 30% de PB com ou sem LD em tanques sem adubação. Os peixes que receberam rações com 30 e 33% de PB sem LD apresentaram melhores índices de conversão alimentar que os que receberam rações com 27% de PB em tanques sem adubação. Os tratamentos com rações com 27 ou 30% de PB em tanques com adubação levaram os valores de peso final médio e conversão alimentar similares aos tratamentos com 33% de PB em tanques não adubados. Houve aumento linear dos valores de peso final e taxa de eficiência protéica em função dos níveis de PB na ração em tanques adubados e sem adubação. O uso de adubação com o emprego de rações com os mesmos teores de PB possibilitaram melhores valores de peso final, conversão alimentar e taxa de eficiência protéica dos peixes. Os peixes criados em tanques adubados tiveram melhores valores de peso final, conversão alimentar e taxa de eficiência protéica, enquanto a presença de LD não afetou estes parâmetros. Conclui-se que o uso de adubação possibilita a redução da proteína dietária para alevinos de tilápia do Nilo.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.