Affordable Access

CONTAMINAÇÃO POR NITRATO E SÓDIO DA ÁGUA PERCOLADA E DA PLANTA DE ALFACE IRRIGADA COM ÁGUA RESIDUÁRIA

Authors
Publisher
Centro de Estudos Ambientais - UNESP/Rio Claro
Publication Date
Keywords
  • Irrigação. Esgoto. Matéria Orgânica. Nitrato. Sódio

Abstract

O trabalho foi desenvolvido no Centro de Estudos Ambientais/UNESP (CEA), em ambiente protegido, com o objetivo de se estudar os efeitos da fertilização orgânica, da fertilização mineral e da irrigação por sulcos, com água tratada e servida, em cultura da alface (Lactuca sativa L.), observando-se a presença de nitrato (NO3-) e sódio (Na+) no tecido foliar e bactérias coliformes totais (CT) e coliformes fecais (CF) na água percolada. As parcelas experimentais distribuídas em um delineamento experimental em blocos casualizados, constituíram-se de 30 caixas de amianto com volume de 500 L e área superficial de 1 m2 , preenchidas com solo previamente peneirado. Os tratamentos caracterizaram-se pela associação entre fertilizantes e água contaminada e tratada. Três cultivos de alface foram realizados. Coletores de água foram instalados a 15, 30 e 60 cm de profundidade. Duas coletas de água foram realizadas em cada cultivo, 15 dias após o transplante e uma na colheita, para verificar a presença de NO3-, Na+, CT e CF. Ao término de cada cultivo realizaram-se amostragens de tecido vegetal das folhas para análises químicas. As concentrações médias de NO3- e Na+ na solução percolada foram indicadoras de que plumas de contaminação avançaram lentamente em profundidade nos solos estudados. As análises de CF da água realizadas a 60 cm de profundidade não apresentaram contaminação. O tratamento fertilizado com cama de frango apresentou os maiores valores de NO3-.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.