Affordable Access

Caracterização das práticas de hidratação em karatecas do estado de Minas Gerais

Authors
Publisher
Colégio Brasileiro de Atividade Física, Saúde e Esporte
Publication Date

Abstract

Este trabalho teve como objetivo verificar os conhecimentos sobre hidratação de um grupo de karatecas do estado de Minas Gerais. Foram avaliados 135 atletas (97 homens e 35 mulheres). Utilizou-se um questionário padronizado com 18 perguntas objetivas auto-administrativo sobre hidratação. Os resultados indicam que aproximadamente 50% dos atletas se hidratam durante os treinamentos ou competições. A solução mais consumida para hidratação é água. Do total da amostra 45,19% nunca se pesam an­tes dos treinamentos ou competições. As manifestações fisiológicas mais prevalentes durante um treinamento ou competição foram: dificuldade de concentração (38,52%), sede muito intensa (35,56%), sensação de perda de força (34,81%) e câimbras (20,74%). Aproximadamente 40% apresentam uma idéia correta sobre a freqüência e volume de hidratação. A maioria dos atletas (60,47%) nunca foi orientada quanto à melhor maneira de se hidrata. Apesar do baixo consumo, 63,7% dos atletas sabem a função correta de uma solução carboidratada. Conclui-se que os karatecas avaliados apresentam poucos conhecimentos sobre hidratação e apre­sentam hábitos inadequados de reposição hídrica. (*) Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética para Experimentos em Humanos, atendendo às normativas legais sobre o assunto na legislação brasileira. Resolução nº 196/96 do Conselho Nacional de Saúde, de 10/10/96.

There are no comments yet on this publication. Be the first to share your thoughts.